Icon Lupa Icon Menu
Início
icon seta icon seta icon
“Se queremos a vida eterna, então comecemos por fazer Sínodo”
Imagem do artigo Imagem do artigo
Assembleia Diocesana Pré Sinodal

“Se queremos a vida eterna, então comecemos por fazer Sínodo”

O Cardeal-Patriarca de Lisboa considera que o caminho sinodal é a única maneira de “aprender o que Deus é”. “Quem não ama, não conhece a Deus. Amar é viver, trabalhar, sonhar com os outros. Se queremos a vida eterna, então comecemos por fazer Sínodo”, frisou D. Manuel Clemente, na Missa com que iniciou a Assembleia Diocesana Pré Sinodal, na manhã deste sábado, 14 de maio.


No início dos trabalhos, no Centro Diocesano de Espiritualidade, no Turcifal, o Cardeal-Patriarca lembrou que “este caminho em conjunto é muito mais do que uma vontade nossa”. “É de Deus”, referiu. Na homilia da Eucaristia, na capela, D. Manuel Clemente refletiu sobre o sentido da palavra ‘reforma’ quando aplicada à Igreja e que é, muitas vezes, referida nos sínodos. “Falamos hoje em reforma da Igreja. É preciso percebermos o que é que esta reforma significa. Reforma significa retomar a forma inicial. É isso que a palavra ‘reforma’, no seu sentido teológico, eclesiológico, autêntico, significa. É assim que se tem dito ao longo de muitas ocasiões – e até séculos – desta caminhada em conjunto, ao longo de mais de dois mil anos”, observou, perante os representantes das “instâncias mais representativas da diocese”.

O Cardeal-Patriarca tomou ainda como exemplo a primeira leitura deste sábado, em que a Igreja celebra a Festa de São Matias, Apóstolo, para reforçar a necessidade de procurar, “começando pela oração”, a vontade de Deus. Na leitura dos Atos dos Apóstolos lê-se que “havia um problema por resolver”: Era necessário substituir Judas. “Pedro podia ter resolvido sozinho porque não faltavam amigos... Mas reuniu-se a assembleia e começaram por rezar, para pedir a Deus que dissesse quem seria. E foi assim que eles fizeram. É uma ótima lição”, garantiu. “A reforma é sempre sinodal, um caminho em conjunto. Retomar a forma inicial, passa necessariamente por aqui e não é em abstrato, mas no concreto, de nós não trabalharmos sozinhos”, sublinhou D. Manuel Clemente.

Os trabalhos da Fase Diocesana do Sínodo dos Bispos prosseguiram com a Contextualização do caminho sinodal e vão continuar durante a tarde deste sábado, onde está previsto um painel com algumas vivências sobre esta fase. A apresentação da conclusão da Síntese Diocesana está prevista para as 16h30, seguindo-se a conclusão do encontro com a Oração de Vésperas, às 17h15.

A síntese Diocesana do Sínodo dos Bispos sobre a Sinodalidade vai ficar disponível online.


Assembleia Diocesana Pré Sinodal


© 2022 - Patriarcado de Lisboa. Todos os direitos reservados.
Patriarcado Simbolo