Início
Cardeal-Patriarca apela à participação na avaliação do Sínodo Diocesano 2016
08 de Abril de 2021
Sínodo Diocesano 2016
Cardeal-Patriarca apela à participação na avaliação do Sínodo Diocesano 2016

Através da publicação de uma carta e de um vídeo, D. Manuel Clemente apela à participação de todos os cristãos de Lisboa na avaliação do caminho percorrido pela diocese durante os últimos sete anos. “Dessa avaliação sobressairá o que melhor resultou e mais precisa de ser continuado, para que a nossa Igreja de Lisboa cresça em louvor, caridade e missão”, sublinha o Cardeal-Patriarca.


“O Tempo Pascal no Patriarcado será particularmente dedicado à avaliação do Sínodo Diocesano, realidade por nós vivida desde 2014. Um caminho relativamente longo, que empreendemos para pôr em prática o grande programa pastoral proposto à Igreja pelo Papa Francisco na exortação apostólica Evangelii Gaudium (A Alegria do Evangelho), de 24 de novembro de 2013”, refere a carta do Cardeal-Patriarca, enviada, hoje, aos “sacerdotes, diáconos, consagrados e fiéis leigos do Patriarcado de Lisboa”. A missiva recorda as “cinco etapas de PREPARAÇÃO, em que centenas de grupos sinodais, envolvendo cerca de vinte mil diocesanos, estudaram os cinco capítulos da exortação apostólica”, bem como “a REALIZAÇÃO ou CELEBRAÇÃO, em novembro/dezembro de 2016, da assembleia sinodal, da qual saiu a Constituição Sinodal de Lisboa”. “De então para cá, dedicámos quatro anos à RECEÇÃO sistemática da Constituição Sinodal de Lisboa, em torno de quatro números axiais, escolhidos pelas vigararias: Número 38: Fazer da Palavra de Deus o lugar onde nasce a fé. Número 46: Viver a liturgia como lugar de encontro (com Deus e a comunidade). Número 53: Sair com Cristo ao encontro de todas as periferias sociais e geográficas. E também o Número 60, transversal a todos os outros: Fazer da Igreja uma rede de relações fraternas, na corresponsabilidade comunitária”, recorda o texto. 
A assembleia final de avaliação vai decorrer nos dias 18 e 19 de junho, mas “será fruto do que fizermos até lá”, sublinha D. Manuel Clemente que também diz contar “muito” com a “colaboração de todos e de cada um”.




Avaliação online a partir do dia 29 de abril
Através de um documento informativo, o Secretariado do Sínodo Diocesano 2016 explica que o processo de avaliação da receção do Sínodo Diocesano vai decorrer em quatro etapas. Na primeira, é pedido às comunidades cristãs “oração e reflexão acerca do caminho percorrido”, utilizando uma proposta para um encontro que poderá ser presencial ou online. Na segunda etapa, a partir do dia 29 de abril, será disponibilizado um inquérito online, de respostas fechadas, para ser preenchido individualmente. “Com base neste inquérito produzir-se-á um relatório com uma síntese da caminhada percorrida ao longo dos quatro anos de receção sinodal”, refere o documento explicativo do processo. Depois, a 18 e 19 de junho, tem então lugar a Assembleia Diocesana de Avaliação, no Centro Diocesano de Espiritualidade do Turcifal, de onde resultará o Documento Final.



ORGANOGRAMA DA CÚRIA
© 2020 - Patriarcado de Lisboa. Todos os direitos reservados.