Youtube

DOCUMENTOS

13 de Fevereiro de 2018

Apresentação geral da nota para a receção do capítulo VIII da 'Amoris Laetitia'

Imprimir
  Foto: Filipe Amorim  

A Nota lida e comentada na Reunião de Vigários do Patriarcado de Lisboa de 6 de fevereiro recolhe passagens de três documentos – do Papa Francisco, dos Bispos da Região de Buenos Aires e do Cardeal-vigário de Roma – sobre o acompanhamento, discernimento e integração a prestar aos casais que não vivem em matrimónio sacramental. Como síntese que é, deve ser tomada na totalidade e pede a leitura dos documentos na íntegra, para que cada citação seja plenamente entendida. A Quaresma que iniciamos dá-lhe particular oportunidade.
Quanto ao acompanhamento, todos requerem o que lhes é devido da parte dos pastores e das comunidades: delicadeza e respeito, proximidade e estímulo espiritual.
Quanto ao discernimento, acolha-se a realidade de cada caso, no respetivo percurso e nas suas possibilidades e disposições. As propostas a fazer tanto terão em conta, como poderão suscitar, a disponibilidade de cada casal em ordem à concretização do ideal matrimonial cristão (discernimento dinâmico).  
Quanto à integração, requer-se o reconhecimento e a promoção do seu lugar de batizados na Igreja de todos, com os talentos que Deus distribui a cada um e as ações correspondentes à situação pessoal.
Nestes casos, como em quaisquer outros na Igreja de Cristo, ninguém julga ninguém e todos estimulamos todos para nos adequarmos sempre mais e melhor à absoluta fidelidade de Deus. A isso mesmo nos levará a sua Graça.

13 de fevereiro de 2018

+ Manuel, Cardeal-Patriarca     


Siga-nos em:
  • Facebook
  • YouTube
  • Sapo
  • Twitter
  • Flickr
Patriarcado de Lisboa
© 2019 - Patriarcado de Lisboa, todos os direitos reservados Desenvolvido por  zoomsi.com