A sustentação da Igreja

Muitos, têm perguntado como se sustenta a Igreja, com ofertórios tão escassos e tantas despesas fixas?

A Igreja para realizar os seus fins próprios, “ordenar o culto divino, providenciar a sustentação do clero e de outros ministros, exercer obras do sagrado apostolado e de caridade, especialmente em favor dos mais pobres”, vive principalmente das ofertas dos fiéis.  Nas diversas comunidades é uma porta aberta a quantos, sem acepção de pessoas, a qualquer título, a procuram.

A Diocese de Lisboa abre, para o efeito, uma conta bancária dedicada à recolha de ofertas, onde cada doador poderá, pelos meios disponíveis, MBway, Multibanco ou Transferência Bancária,  indicar o destinatário da sua oferta – diocese, seminário ou paróquia em concreto.

Abre-se por esta via, a possibilidade dos fiéis, e dos que reconhecem o bem que promove, sustentarem a Igreja.

Não deixará o Senhor de recompensar a generosidade.

ORGANOGRAMA DA CÚRIA
© 2020 - Patriarcado de Lisboa. Todos os direitos reservados.