Youtube

NOTÍCIAS

01 de Fevereiro de 2018

Visita Pastoral às paróquias de Carvoeira e São Domingos de Carmões

Imprimir
O encerramento da Visita Pastoral às paróquias de Carvoeira e São Domingos de Carmões ficou marcado pela conclusão das obras de restauro da igreja de Carmões que, na opinião do Cardeal-Patriarca, oferece a todos “um sinal de Deus”. O pároco destas duas paróquias da Vigararia de Torres Vedras, padre Diamantino Teixeira, destaca a “mobilização” conseguida pela Visita Pastoral.

A Visita Pastoral às paróquias de Carvoeira e São Domingos de Carmões, na Vigararia de Torres Vedras, decorreu entre 23 e 28 de janeiro e levou o Bispo Auxiliar de Lisboa, D. Nuno Brás, a conhecer, participar, escutar e conhecer estas realidades paroquiais. No último dia, o Cardeal-Patriarca de Lisboa presidiu à Missa de conclusão da iniciativa, que também pretendeu assinalar o final das obras de restauro da igreja de São Domingos de Carmões.
Entre paisagens a perder de vista e um céu profundamente azul, a igreja de São Domingos de Carmões ergue-se e distingue-se da paisagem, em pleno concelho de Torres Vedras. No seu interior, as obras de melhoramento causam a admiração de quem entra. Para o Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, “o restauro é uma bonita surpresa, está esplendorosa”. “Quando se restauram templos, como esta linda igreja, o que queremos oferecer aos da terra e aos forasteiros é um sinal de Deus. Por isso é que a igreja é um espaço diferente”, explicou. E se é verdade que “em qualquer lugar se pode rezar desde que seja em espírito e verdade”, as igrejas, “pela sua construção, pela disposição do espaço, pela decoração, elevam-nos com Jesus Cristo para o Pai”, destacou o Cardeal-Patriarca, na Missa de encerramento da Visita Pastoral. “Quando reconstruímos as igrejas é para significar que, entre as nossas casas, há de haver uma casa de Deus que seja casa de todos, onde nos reunimos, onde ouvimos a sua Palavra e recebemos os seus sacramentos que são a Palavra concretizada em sinais salvadores”, frisou D. Manuel Clemente, perante uma igreja repleta de fiéis. “Que as vossas vidas, segundo a Palavra de Deus, sejam vidas que maravilhem porque são a vitória do bem, da verdade e da paz”, desejou.

Para chegar a todos
Pároco das paróquias de Carvoeira e São Domingos de Carmões há três anos, o padre Diamantino Teixeira garante que a Visita Pastoral de D. Nuno Brás foi um “sucesso” porque “as pessoas aderiram e a Palavra que convoca para a missão foi anunciada”. Para este sacerdote de 45 anos, as pessoas “mobilizaram-se, abriram-se, acolheram, disponibilizaram-se” numa visita onde se procurou “chegar a tudo e a todos”. “Visitámos empresas, instituições, administrámos sacramentos da unção dos doentes, almoçámos com uma família, e até tivemos uma edição extraordinária da revista das Carreiras, cujo lucro reverteu a favor das nossas obras”, descreveu. Esta Visita Pastoral, que decorreu entre 23 e 28 de janeiro, serviu até para o próprio pároco conhecer e descobrir outras particularidades sobre as duas paróquias que tem a cargo. “Eu próprio fiquei surpreendido, por exemplo, com a quantidade de empresas a atuar no território das paróquias”, aponta.


  • Leia a reportagem completa na edição do dia 4 de fevereiro do Jornal VOZ DA VERDADE, disponível nas paróquias ou em sua casa.


Siga-nos em:
  • Facebook
  • YouTube
  • Sapo
  • Twitter
  • Flickr
Patriarcado de Lisboa
© 2018 - Patriarcado de Lisboa, todos os direitos reservados Desenvolvido por  zoomsi.com