Youtube

SÍNODO DIOCESANO 2016

09 de Junho de 2015

Linguagens, sexualidades e espiritualidades no Escutar a Cidade

Imprimir

“Linguagens, espiritualidades, sexualidades e convicções” é o tema da última sessão da iniciativa Escutar a Cidade, que três dezenas de grupos e instituições católicas vêm promovendo mensalmente, desde Janeiro, com o objectivo de contribuir para a reflexão preparatória do Sínodo diocesano de Lisboa. 
Nesta última das seis sessões, que decorre quinta-feira, dia 18, intervêm a escritora e poetisa Ana Luísa Amaral (autora de “Entre Dois Rios e Outras Noites”), o psicólogo Telmo Baptista (bastonário da Ordem dos Psicólogos), a cineasta Margarida Cardoso (realizadora de “A Costa dos Murmúrios” e “Yvone Kane”) e a coreógrafa Madalena Vitorino (que tem trabalhado na pedagogia da dança e das artes na comunidade com atores, bailarinos, cantores e pessoas não profissionais nas artes performativas). 

Este último encontro da dinâmica Escutar a Cidade realiza-se dia 18 de Junho, no Fórum Lisboa (Av. Roma), entre as 19h e as 21h. A iniciativa contou já com a participação do cardeal-patriarca, D. Manuel Clemente, e do bispo auxiliar D. José Traquina, em várias das cinco sessões anteriores. O Cardeal-Patriarca considerou já a iniciativa como “muito bem-vinda”. Em declarações à agência Ecclesia, D. Manuel afirmou que o processo Escutar a Cidade tem “a particularidade muito interessante de escutar vozes que não são confessionais mas que conhecem a cidade de Lisboa, a região de Lisboa e a sua problemática social, cultural, económica”. 

Nas cinco sessões já realizadas, desde Janeiro, foram enunciados desafios pertinentes. Entre eles, podem citar-se a necessária reflexão sobre o que queremos da Europa enquanto cristãos; a urgência de repensar a ideia de justiça como essencial à construção da democracia; um acolhimento das comunidades cristãs que não deixe amigos na rua, cuide dos mais velhos e dos jovens e dedique uma atenção prioritária aos mais pobres e vulneráveis; a importância do trabalho social em rede, para apoiar mais pessoas de forma mais eficaz; a construção de uma reflexão sobre a vida social e urbana que dê mais tempo e mais espaço às pessoas e à sua dignidade; a centralidade da Bíblia na vida dos crentes e das comunidades, como história narrada da relação vital de mulheres e homens com Deus. 


Mais informações: https://escutaracidade.wordpress.com


Siga-nos em:
  • Facebook
  • YouTube
  • Sapo
  • Twitter
  • Flickr
Patriarcado de Lisboa
© 2018 - Patriarcado de Lisboa, todos os direitos reservados Desenvolvido por  zoomsi.com