Youtube

NOTÍCIAS

06 de Outubro de 2019

Cardinalato - “A beleza abre os corações”

Imprimir
  Foto: Agência Ecclesia / Arlindo Homem  

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), D. Manuel Clemente, disse hoje que o novo cardeal D. José Tolentino Mendonça é uma referência para desenvolver a “vertente estética” da evangelização. “Temos de ser criativos, não basta fazer apenas como fazíamos, nem basta irmos a locais longínquos, onde o Evangelho nunca foi anunciado, porque nos nossos próximos territórios, falando em nós, Portugal, há muita gente para quem a fé já não é uma coisa viva”, referiu o cardeal-patriarca de Lisboa à Agência ECCLESIA, no Vaticano, onde participou no Consistório de sábado e, esta manhã, na Missa de abertura do Sínodo especial para a Amazónia.
Destacando a importância da “vertente cultural para a nova evangelização”, o presidente da CEP assinalou que a Igreja Católica tem de apresentar o Evangelho com novidade e a sua “beleza”, com “toda a dimensão poética, literária, estética, tudo isso é muito importante hoje”.
O cardeal-patriarca disse ainda que o novo cardeal português será uma figura inspiradora também para a Jornada Mundial da Juventude 2022, em Lisboa, que vai ter “uma vertente estética muito forte”. “A beleza abre os corações”, defendeu.
D. Manuel Clemente elogiou o trabalho do arquivista e bibliotecário da Santa Sé, que tem conseguido fazer destas instituições “uma realidade viva, porque os livros estão cheios de futuro”.


Ecclesia 


Siga-nos em:
  • Facebook
  • YouTube
  • Sapo
  • Twitter
  • Flickr
Patriarcado de Lisboa
© 2019 - Patriarcado de Lisboa, todos os direitos reservados Desenvolvido por  zoomsi.com