Youtube

SÍNODO DIOCESANO 2016

02 de Dezembro de 2016

“Não podemos deixar tudo na mesma”

Imprimir
Entre os 137 membros do Sínodo Diocesano de Lisboa há a convicção de que após a Assembleia Sinodal devem sair linhas orientadoras para a vida pastoral da diocese. 

Tem-se ouvido muito que não pode ficar tudo na mesma. É o perceber que há um caminho a percorrer e que, a partir de agora, vamos caminhando e não podemos deixar tudo como está”, salienta o padre Valter Malaquias, pároco de Santos-o-Velho e de São Francisco de Paula.

 

Este sacerdote, que participa como representante da Vigararia de Lisboa III, frisa ainda que o Sínodo Diocesano “está a correr bem”. “O dia de ontem foi muito bom. As expetativas estão a ser superadas em relação ao que estávamos à espera. Hoje é um dia mais de trabalho, pois estamos a ver, ponto a ponto, o Documento de Trabalho. Está a ser interessante porque nós vamos aportando coisas e vamos trazendo um pouco do que é a experiência quer dos padres, quer dos leigos. Está a ser muito interessante”, assegura o padre Valter, destacando “o caminho conjunto” que está a ser vivido pelos membros. “Estamos a fazer um pouco parte da história da diocese”, salienta. 


Siga-nos em:
  • Facebook
  • YouTube
  • Sapo
  • Twitter
  • Flickr
Patriarcado de Lisboa
© 2017 - Patriarcado de Lisboa, todos os direitos reservados Desenvolvido por  zoomsi.com