Youtube

300 ANOS

11 de Outubro de 2016

Núcleos Universitários Católicos cresceram 400% e realizam 1.º encontro

Imprimir
O 1.º Encontro de Universitários Católicos realiza-se pela primeira vez no sábado, em Lisboa, quando se regista um aumento dos núcleos universitários católicos na ordem dos 400%, segundo dados do Patriarcado de Lisboa.

"Em cinco anos, os núcleos de estudantes católicos nas faculdades aumentaram 400%. Há cinco anos, em Lisboa, o número de Núcleos de Estudantes Católicos não ultrapassava os quatro; atualmente são 16 os núcleos juvenis que existem em diversas universidades", segundo o Patriarcado de Lisboa.
O Encontro, sob o lema "Transformados em Cristo, transformaremos o mundo", realiza-se na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, abre as celebrações do tricentenário da criação do Patriarcado de Lisboa, e conta com a presença do cardeal-patriarca Manuel Clemente.

Em declarações à Lusa, o padre Nuno Amador, diretor da Pastoral Universitária do Patriarcado de Lisboa, justicou este "forte crescimento" pela participação e empenho dos jovens na "Missão País", um projeto católico de universitários, que tem como objetivo "levar Jesus às Universidades e evangelizar Portugal através do testemunho da fé, do serviço e da caridade". 
Questionado sobre quantos estudantes estes núcleos agregam, o eclesiástico afirmou que esses números não estão contabilizados, mas adiantou que anualmente, participam na "Missão País", cerca de 2.000 universitários.
"Os núcleos têm muito mais alunos que as missões juntam, são centenas por núcleos, e com atividades em vários âmbitos, desde o apoio espiritual à solidariedade social", disse.
Sobre o encontro, Nuno Amador disse: "A ideia é que os participantes, alunos e professores, possam lançar aos estudantes desafios concretos quanto á forma de viver a universidade, o ser universitários, como lugar onde nos transformamos para depois podermos transformar o mundo à nossa volta", disse.
"Acreditar em Jesus Cristo e tentá-lo seguir na vida, tentando viver o comum de todos, mas com essa marca cristã", é, segundo o sacerdote, aquilo que diferencia um universitário católico.

Entre os participantes, "todos católicos" constam os professores Elvira Fortunato, da Faculdade de Ciências e Tecnologias, da Universidade Nova de Lisboa, o padre José Tolentino Mendonça e João César das Neves, da Universidade Católica Portuguesa, Maria Teresa Ribeiro, da Faculdade de Psicologia, da Universidade de Lisboa, Miguel Câmara Machado e Filipa Câmara Machado, da Faculdade de Direito, e ainda Luís de Mascarenhas de Lemos, da Faculdade de Ciências Médicas, da Universidade Nova, além dos vários estudantes e outros docentes.
O padre Nuno Amador defendeu uma comunidade de universitários católicos "dialongante e aberta", com atividades em que todos possam participar e os não-católicos se "sintam chamados e atraídos".

Rafael Calado, estudante de Filosofia, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, que faz parte da organização, salientou à Lusa o "interesse de partilha de todos os núcleos", numa iniciativa conjunta com a Pastoral Universitária. "Queremos viver melhor a universidade", disse o estudante, que realçou ainda o interesse "de se conhecerem uns aos outros" e desta forma se "entreajudarem, nomeadamente nos estudos e também na integração dos mais novos".


LUSA




Siga-nos em:
  • Facebook
  • YouTube
  • Sapo
  • Twitter
  • Flickr
Patriarcado de Lisboa
© 2017 - Patriarcado de Lisboa, todos os direitos reservados Desenvolvido por  zoomsi.com